Você é fanática por patchwork?

Qualquer um que faça, colecione ou admire o patchwork sabe que há uma linha muito tênue entre amor e obsessão. Quando você escolhe quiltar ao invés de comer, prefere uma viagem a uma feira de patchwork a uma viagem ao Taiti, e sonha com fat quarters, talvez você possa ser uma patchworcólica.

Ami Simms é uma quilteira, leitora, autora e professora, ministrando workshops pelo mundo, em países como Austrália, Inglaterra, Itália e Holanda.

Neste conto traduzido por mim do livro “Once Upon a Quilt”, Ami, apresenta uma visão bem humorada da vida de uma fanática por patchwork. Graças a Deus, ela não é uma!…

Você  é fanática por patchwork?
por Ami Simms

Eu amo tudo que seja relacionado ao patchwork, mas graças a Deus eu não sou fanática! Fanáticos são estranhos. Eles têm um vício incontrolável, obsessivo, quase perverso por um particular ponto de vista, filosofia ou um modo de vida. Eu apenas gosto de quiltar um pouquinho. Eu sou perfeitamente normal.

Corredores são fanáticos. Eles têm que correr todos os dias para ter alegria. Eles correm inclusive nas férias. Eu consigo ficar até dois, talvez três dias sem pegar em uma agulha. E eu apenas levo meus projetos nas férias quando eu sei que haverá tem livre o bastante para isso. Qualquer coisa menos que seis minutos e eu deixo minhas coisas em casa.

Compradores compulsivos são fanáticos. Eles têm que comprar tudo que está à vista para ficarem satisfeitos. Eles precisam possuir os últimos lançamento da moda e as mais novas quinquilharias mesmo que não tenham absolutamente nenhum uso para isso. Eles não estão felizes a menos que gastem algum dinheiro. Eu apenas compro tecido quando os vejo. Se eu vou a uma loja que não vende tecidos, então eu não compro nada. Eu estou sempre completamente controlada. E eu apenas compro materiais de patchwork que eu precise ou que em algum momento futuro eu talvez precise para fazer algum projeto que eu resolva. Só porque não há nenhum material para patchwork disponível no mercado que eu ainda não possua, isso não implica em fanatismo. Significa apenas que eu sou uma consumidora prevenida.

Maníacos por limpeza são fanáticos. Eles gastam todo o tempo deles procurando qualquer fiapo de poeira ou esperando pela cinza do cigarro de alguém cair para que possam varrê-la. Se eles não puderem melhorar algo pondo-o em outro lugar, então eles lavam. Eu não tenho tempo para isso. Se você puder pular isso, faça. Ou deixe para mais tarde. Para mim assim está ótimo. Qualquer coisa mais toma o tempo que eu poderia estar costurando.

Aficcionados por carros são fanáticos. A vida deles está as voltas com tirar partes do carro para colocar de volta. Eles gastam todo o tempo mexendo por dentro ou polindo por fora. Patchwork não é TODA a minha vida. Há outras coisas que eu gosto de fazer, é só que eu não consigo me lembrar de nenhuma agora. E eu admito que embora eu gaste bastante tempo fazendo patchwork, escrevendo sobre patchwork, ensinando pessoas a fazer patchwork, ou apenas pensando simplesmente em patchwork, eu gasto meu tempo fazendo outras coisas também. Em uma noite da semana passada, por exemplo, eu fiz o jantar.

Vovó faz de conta que está interessada na conversa, mas a verdade é: ela preferia estar costurando. Essa imagem apareceu em um anúncio da American Radiator Company na edição de outubro de 1925 da revista The Country Gentleman.

Amantes de animais são fanáticos. Eles amam qualquer coisa com pelo que lata ou mie, tanto quanto que faça suas necessidades no jornal. Eles querem proteger todas as espécies, sem considerar com o que eles se pareçam, o que eles comam, ou o quão mal eles cheirem. Graças a Deus, em meu amor por patchwork eu sou mais seletiva. Eu só gosto de quilts que sejam feitos com pano.

Cozinheiros gourmet são fanáticos. Eles não medem esforços para preparar pratos exóticos que matam a fome tão bem quanto alguma outra coisa que tenha custado a metade do preço e gasto um quarto do tempo para fazer. Pensar que existe alguma relação entre fazer patchwork e a preparação desse tipo de comida é absurdo.

Fanáticos são aquelas pobres almas que mantêm seu ponto de vista acima de todos os outros, desejando unir-se apenas com aqueles que pensam como eles e são tão apaixonados por isso que querem que todos os outros descubram e partilhem dessa sua loucura particular. Só porque eu penso que patchwork é uma ótima maneira de gastar o meu tempo, porque todas as minhas amigas coincidentemente são quilteiras também, e porque eu acho que todo mundo deveria pegar um dedal e tentar, isso não faz de mim uma fanática. Eu sou apenas uma “entusiasta pelo patchwork”. E isso é diferente!

SIMMS, Ami. Are you a quilting fanatic? In: ALDRICH, Margret (ed.). Once Upon a Quilt: a scrapbook of quilting past and present. Minneapolis: Voyageur Press. 2003. p. 21-25.

14 Respostas

  1. Ai!Ai!..Sera que sou fanatica? Adivinhe o que fui procurar assim que cheguei em Queenstown? Um grupo de Patchwork . Procurei,,,procurei e achei…nos encontramos as quintas feiras, detalhe importante, eu nao falo ingles, e elas claro, nao falam portugues.Ja viajei com elas, fui a encontros regionais… festa de natal juntas….Como a gente se entende?Nao sei, falamos a lingua universal: Patchwork…
    Bjs.

    • Ai que delícia! Como você foi parar na Nova Zelândia!?!?
      O bom é que você vai acabar aprendendo inglês através do patch. Quer coisa mais gostosa do que aprender desse jeito!?
      Se tiver novidades ou qualquer site para indicar sobre o patch neozeolandês, manda para a gente que eu posto por aqui. Seria legal uma série de posts sobre o patchwork ao redor do mundo. Vou amadurecer a idéia e vejamos no que vai dar.
      Beijo

      • So hoje vi o seu recado..desculpe..Pois olhe estava com uma gde “ressaca emocional”, no limite, e como minha irma mora aqui vim passar uns tempos com ela. Esta semana recomeco os encontros com o “Queenstown Quilters and Patchworkers”. Sao mulheres maravilhsas. O que de mais forte vou levar dessa experiencia eh que para elas Patchchork eh um estilo de vida.
        Esta sua ideia eh realmente interessante.
        Estou confeccionando um ‘Quilt Memorie”, todo a mao, tecnica “Nine Patch” com fotos e assinaturas delas, para levar com lembranca.
        Outra coisa que aprendi com elas nao escrevo mais a palavra Patchwork co letras minusculas.
        Mais voltando ao teu blog, acho ele o que tem de melhor no sentido de pesquisa,nao fica so na mostra de trabalhos. Gde ideia. Pode contar comigo. Bj.

  2. Ei profê, lembra de mim?
    Do Band, vc deu aula pra mim no primeiro ano, em 2007.
    Bom, já to prestando vestibular, pra economia (na unicamp) e adm (na usp e na fgv).
    Vc dava aulas ótimas! Até hoje lembro delas!
    Bom, de qualquer forma, só quis falar um oi.
    Não tenho nada de patchwork pra contribuir, hehe.
    Um abraço!

    • Oi Victor!
      Claro que eu lembro de você. Themis sempre fala muito bem de ti.
      Obrigada pelo elogio e boa sorte no vestibular.
      E se você tiver alguma dúvida quando estiver estudando para o vestibular pode me mandar um e-mail que eu ajudo com todo o prazer. Sério mesmo. Meus ex-alunos do cursinho ainda fazem isso eu eu fico super feliz em poder ajudar.
      Abração e boa sorte.

  3. Jana, que legal reunir pessoas com o mesmo interesse. Parabens!
    Bj
    Paula

  4. Jana, tomei conhecimento de seu blog através da comunidade do orkut e foi muito bom te conhecer. Seu blog é clean, muito bom mesmo.
    Eu tb adoro histórias e sou uma patchworcólica com certeza!
    Abraço,
    Lúcia.

    • Olá Lúcia
      Obrigado pelas palavras.
      Visitei seu blog e gostei bastante!
      Em breve vou linkar e comentar alguns blogs brasileiros (e alguns estrangeiros também) e o seu já está na lista!

      Obrigada pela visita
      Janaina

  5. Olá… adorei seu blog…
    Concordo plenamente com vc não sou fanática tb… só AMO patchwork…rss
    Se tiver um tempo me visite tá? bjs

  6. Nossa, adorei a historia!! Eu conheço algumas historias do livro Once Upon a Quilt, mas não conhecia esta!! Eu confesso que tb não dsou fanática de jeito nenhum, como ela eu sou apenas uma entusiasta pelo Patchwork … kkkk Adorei!!!
    Beijocas e muito sucesso!!
    Com carinho Andreza

  7. Amo Patchwork!!!!!! Parabens pelos trabalhos!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: