Técnica Havaiana

No mês de fevereiro estive visitando o Estado de Massachussets, EUA, onde tive a oportunidade de conhecer o New England Quilt Museum. Ainda quero escrever sobre o museu, mas por hoje começo com um post sobre a técnica havaiana que enfeitava um dos quartos expostos na mostra permanente do museu e que me chamou a atenção em particular.

A técnica havaiana consiste em um tipo específico de aplicação (ou apliqué), que surgiu no Havaí no início do século XIX, no qual o design é cortado em um tecido que é aplicado a outro liso.

Quarto técnica havaiana

Mostra permanente do New England Quilt Museum. Na parede "Bridal Quilt" (design de Marion Newton e realização de Alice Simpson) de 1955 e na cama "Blue Hawaiian" (anônimo) de 1920

Os historiadores Carleton Safford e Robert Bishop apontam o apliqué como a segunda grande categoria dentro do patchwork, sendo a primeira delas o pieced quilt, com o uso de um molde, cortando os retalhos em padrões específicos, para costurá-los novamente formando padronagens diversas.

Lenice Bacon nomeia a técnica havaiana como “Scissors’ art” (arte da tesoura), dado a complexidade dos padrões recortados. Na aplicação havaiana normalmente utiliza-se apenas duas cores (fundo branco e outra cor) e o design é cortado dobrando-se o tecido em quatro de forma que, ao se desdobrar, o padrão se repita igualmente nos quatro cantos.

Bloco em técnica havaiana

Gourd Leaf - almofada em técnica havaiana

O site Quilt Hawaiian aponta três elementos que permitem reconhecer a técnica havaiana:

1) o design é primeiramente uma aplicação;
2) o design possui uma repetição circular de 4 ou até 8 vezes;
3) o design usa uma ou duas cores (neste caso há exceções).

Muitos dos padrões são inspiradas na natureza, como folhas e flores. Lá no museu li sobre uma lenda que diz que o primeiro design de um quilt havaiano surgiu quando uma mulher viu a sombra de uma árvore no lençol que secava no varal. Ela achou a sombra tão bela que traçou os seus contornos no lençol, recortou e fez um quilt.

Para quem se interessou pela técnica, o site Quilts Hawaii disponibiliza alguns projetos gratuitos com modelos mais simples para quem está iniciando.

Fontes bibliográficas:

Bacon, L. I. American Patchwork Quilts. New York: William Morrow & Company. 1973.

Safford, C. L & Bishop, R. America’s Quilts and Coverlets. New York: Bonanza. 1985.

8 Respostas

  1. Gostei muito de saber a origem da técnica, sempre tive essa curiosidade….muito interessante mesmo.

  2. Mais uma vez obrigada pela sua disponivílidade em ajudar.
    vou “passear” no blog que indica.
    Bjs
    Helena

  3. Muito interessante a historia do quilt Havaiano,
    mais uma vez obrigada
    bjs

  4. Que bom que vocês gostaram.
    Eu, particulamente, acho a técnica incrível e vejo trabalhos que parecem impossíveis de serem feitos (como a colcha que está no museu e várias outras que estão nesses sites que eu indiquei). Ainda não tive coragem de encarar, mas acho que agora vou tentar com algum modelo daqueles simples. Depois posto o resultado no multiply.
    Beijo
    da Jana

  5. minha professorinha vc/é dimais,parabens continue asssim………..

  6. gostaria de receber novidades. obrigada

  7. Adorei. Belo trabalho de pesquisa.
    bjs
    Jainia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: